9.12.02

Érika,

Faltam exercícios:

- Doce de Letra
- Análise da revista
- Características do Jornalismo ONline
- Rádio e internet

Sua nota:
DAD: 32,5
AIA: 22
AF: 25

[],

Lorena

11.11.02

Exercício de telejornalismo on line

Aluna: Erika Paes Martins Lanna
Turma: CM7-A


O telejornalismo on line é uma opção, fora das tradionais notícias minuto a minuto, para aqueles que desejam acompanhar com mais detalhes os fatos e acontecimentos. Ao acessar o portal terra, o usuário detém a facilidade de ouvir e ao mesmo tempo ver as imagens através de um pequeno monitor na própria tela. Para quem quiser conferir, basta entrar no site www.terra.com.br. Além do terra outros sites especializados em telejornalismo on line podem ser acessados, são eles:


.
Dentre os sites citados destacamos o site da uol. Neste site, somente o assinante uol pode acessar o serviço de telejornalismo, ou seja, ao acessar o link, imediatamente o site pede a senha pessoal para que se possa obter as notícias com as imagens e sons via internet.
Dentre todos sites pesquisados, salientamos que há uma certa dificuldade ao acessar este tipo de serviço. Estes sites possuem dificuldades para transmitir ao usuário suas matérias. Normalmente, o telejornalismo acaba transmitindo as matérias de uma maneira "picada" e morosa, porém não se deve tirar o mérito desse novo sistema de comunicação, que mesmo com seus problemas, ainda consegue passar imagens e sons via internet para qualquer lugar do mundo. É um serviço interessante principalmente para aqueles que residem fora do país e que gostariam de acompanhar melhor os fatos através de imagens.

4.11.02


AIA
Jornalismo On Line
Aluna: Erika Paes Martins Lanna
Turma: Cm7-A

A Disseminação da violência nos meios de comunicação

Ao final da eleições pudemos perceber uma notável mudança no perfil do eleitorado. Antigamente a preocupação da população estava voltada para as áreas da saúde, moradia e educação. Hoje, grande parte das pessoas clama pelo fim da violência.
Ao perceberem a situação incontrolável da violência, os candidatos procuraram obter como “carro chefe” de suas campanhas, propostas de solução para o problema.
Nas últimas décadas houve um aumento expressivo da violência nos grandes centros fazendo com que as notícias relacionadas a crimes, até então, dadas apenas em colunas policiais, migrassem para todos os meios de comunicação.
Os jornais impressos movidos e abastecidos, antigamente, pelas editorias policias e esportivas, abriram espaços em outras editorias para noticiar o avanço da violência ou senão, debatê-la.
Ao acompanharmos os jornais impressos, é possível notarmos uma disseminação da violência em todos os cadernos, além é claro, do Caderno Policial. Editoria de cultura debate e divulga lançamentos de filmes que retratam o problema do tráfico de drogas nos grandes centros; a cobertura do Caderno Internacional está totalmente envolvida com os conflitos Israel – Palestina e Estados Unidos e Iraque; a programação da TV possui um menu repleto de filmes e documentários ligados à violência.
Como se não bastassem os jornais impressos, os telejornais vêm adotando como prática constante a “massificação” de fatos ligados à pratica violenta. Ao acompanhar o princípio, meio e fim de um jornal, como por exemplo o Jornal Nacional, é notório o espaço dedicado a assuntos ligados à violência ou o problema da segurança pública.
A Internet, fonte de informação para poucos, vem seguindo a mesma linha dos demais meios. Atualmente sites como os da folha, estadão e globo.com procuram noticiar minuto a minuto atos violentos cometidos em algum lugar do país ou do mundo. Não há critério ou lugar determinado para esse tipo de notícia nos sites de informação. O usuário acessa e imediatamente fotos e notícias referentes à violência aparecem na página principal.
Contrapondo com práticas de cunho sensacionalista ao abordar a violência, o www.observatoriodaimprensa.com.br , uma entidade civil não governamental, tem como objetivo acompanhar o desempenho da mídia brasileira. Funciona como um fórum permanente no qual o usuário da mídia pode manifestar perante as matérias divulgadas nos grandes meios, independentemente do tema abordado. No caso da violência, geralmente discutem a maneira banalizada que a imprensa vem tratando o tema, ou seja, se opondo com as questões éticas da comunicação.
Através dos sites de busca, a Internet oferece opções de pesquisa para temas variados. Ao pesquisar no site www.google.com.br, a violência, o usuário obtém informações referentes às estatísticas, divulgadas pela Organização Mundial de Saúde, fóruns de debates, ONGs especializadas em assistência às vítimas de violência doméstica, além de uma vasta lista de endereços independentes que abordam a violência, seja como notícia ou debate.
Em síntese, os meios de comunicação de uma forma geral, não apenas relatam acontecimentos violentos mas também edificam-se como lugar de exposição das notícias atribuídas à violência.

25.10.02

Inscrições para Processo Seletivo vão até o dia 8 de novembro



Foram prorrogadas as inscrições para o Processo Seletivo 2003 do Uni-BH. As inscrições poderão ser feitas até o dia 8 de novembro no Espaço de Convívio, Rua Diamantina, 567, Lagoinha, na Unidade Estoril, Av. Prof. Mário Werneck, 1.685 ou na Unidade Nova Floresta, Rua Paru, 784, Renascença. Além desses endereços, o candidato poderá fazer sua inscrição no site www.unibh.br. Na região metropolitana as inscrições poderão ser feitas nas agências de correio. O valor da taxa é R$ 70, 00, incluindo a aquisição do Kit com o guia do candidato e ficha de inscrição.


30.9.02

Descrição crítica dos seguintes sites:

José Serra: www.joseserra.org.br



Reafirmando a campanha de geração de empregos, o site oficial do candidato do PSDB, José Serra, traz em seu cabeçalho pessoas comuns uniformizadas com capacetes, passando ao eleitor uma idéia de produção e geração de empregos. Como era de se esperar, até pelo próprio caráter do candidato,
o site está totalmente voltado à ataques aos outros candidatos. No momento a bola da vez é o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva. Vale a pena frisar que a janela “plano de governo”, que no caso é o que mais interessa ao eleitor, está em forma bem reduzida no canto esquerdo da página. Ao centro, laterais e parte inferior da página, é dedicado aos ataques, já que José Serra não possui plano de governo.

Luiz Inácio Lula da Silva: www.lula.org.br





O site do PT apresenta um flash no qual aparece um garoto de aproximadamente de oito anos abraçando uma estrela vermelha, símbolo do Partido dos Trabalhadores. O Slogan é “ Agora é Lula”. Ao contrário dos outros candidatos, o PT não tem feito ataques. Na página é possível obter ao centro, o plano de governo do candidato, entrevistas com personalidades ou intelectuais, além de uma serviço disponível de 0800, no qual o eleitor poderá ouvir as propostas de governo.

12.8.02

O jornalismo atual....